quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Banda Lúgubre - Canto triste - por Silvio Campos

Que boa surpresa tive ao colocar esta siples demo da Banda Lúgubre para tocar! São 5 sons gravados em estudio e mais 3 retirados de uma apresentação ao vivo que entram como bonus e que completam toda a linda melancolia aqui apresentada. A banda já existe a um tempo ensaiando e produzindo seu trabalho. Já se apresentaram algumas vezes, mas ainda não os vi ao vivo. Nesta demo, no entanto, pude comprovar e conhecer, finalmente, a sonoridade da mesma. 

A primeira faixa, “como se.”, é uma beleza! Que melodia incrivel! É algo triste mas que te levanta e anima, e foi justamente este sentimento que me fez levantar e tentar escrever algo. Pois me perguntava: o que é isso? Que bela musica é essa? Que bacana a interpretação do junior(guitarra e voz)! Uma musica cheia de sentimentos, total feeling. Aí vem a faixa seguinte, que nomeia a demo, “canto triste”, e vem com o mesmo fundamento, mas diferenciando a pegada, que é direcionada a um andamento blues com um tempero gotico/doom. Ótima!                                                                                                                                                                                                                                    
Da terceira faixa eu destaca o baixo, que quebra um pouco o andamento da demo e tem umas sobras que não ficaram legais, mas isso não compromete nada e serve de intro para a faixa de numero quatro, também carregada de emoção, só que não tão aveludada. A banda mantem a qualidade e é uma excelente faixa, musica e letra. “De cinzas, fumaça, lendas, florestas...desesperança.” é a quinta faixa e se inicia com uma declamação. Há uma sonoridade blues/gotica que toma conta de toda atmosfera da musica - sim, é uma letra bem blues! E uma musica cheia de tristeza. Há algo na costrução da letra e da musica desta faixa que assim como nos leva a o elemento blues nos leva também a algo extremo, talvés pelas influencias de todos os integrantes da banda, suas origens como musicos oriundos de bandas pesadas. É, na verdade, um outro som otimo da banda. Complementando a demo temos 3 bonus ao vivo, os mesmos não mostram a total qualidade da banda devido a gravação, mas a intenção é muito boa e valida. 

Ao final de tudo a Lúgubre nos deixa a lembrança do velho rock pesado brasileiro e com boas lembrança e referenciais ao gotico antigo, ao velho blues e ao doom metal. Isso tudo da um toque muito original e sincero com toda a emoção e sentimento que uma boa musica autoral pode nos proporcionar, isto é: usar os neuronios para criar e não copiar somente! Parabéns a todos da Lúgubre por essa atitude e por este trabalho.

http://www.facebook.com/lugubreband
http://palcomp3.com/bandalugubre/

por Silvio Campos
Microfonia zine

Um comentário:

  1. Valeu pela resenha Sílvio Campos!!Tentamos estabelecer uma proposta sincera e autêntica, sem pressão nenhuma. Você conseguiu decifrar a essência das músicas da Banda Lúgubre sem colocar rótulos e sim as influências!!Obrigado!!

    Paulo Scarlet

    ResponderExcluir